13/08/2016

Desafio

  Um punho atravessou sua barriga rápida e fortemente; impulsionando seu estômago de maneira à fazê-lo amassar como uma lata de refrigerante espremida. Com este único soco, Jonh ficou simplesmente incapacitado, sem ar, debilitado. O oponente entendeu claramente a mensagem, pelo que parecia.

- Paramos por aqui - disse Jack, seu irmão com quem lutava, em meio à voz afobada e corpo cheio de suor; ele era boxeador profissional, afinal; não era vergonha perder para ele.

- Foi sorte - disse Jonh, sorrindo meio de desgosto e meio de orgulho. - Não devia ter escolhido boxe, droga.

- Você fede - bincou Jack, tirando as luvas. E sorriu. - Tome um banho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário